Início > Sistemas de Informação > A importância dos Sistemas de Informação nas Organizações

A importância dos Sistemas de Informação nas Organizações

Novembro 5, 2011
Num mundo cada vez mais global e competitivo é crucial o domínio do “conhecimento”, sendo essencial para a evolução das organizações. Já desde os nossos antepassados, as batalhas não eram vencidas por quem detinha mais armamento, mas sim por quem tinha mais informação (inteligente) sobre o inimigo. A época dos descobrimentos foi dominada por quem liderava o conhecimento sobre as técnicas de navegação. Da mesma forma, as empresas para se tornarem competitivas têm de conhecer e dominar o seu negócio e tudo o que se passa em seu redor, deverão ser capazes de conseguir antecipar cenários e preparar-se o melhor possível para os enfrentar.
Os sistemas de informação apresentam-se hoje como uma área incontornável na vida das organizações, fazendo já parte do seu quotidiano, sendo na maior parte das vezes, desadequados e sem qualquer atenção por parte de quem decide.
Em Portugal, observa-se que a grande maioria das empresas, ainda não se encontra receptiva à importância da gestão da informação. As pequenas e médias empresas não investem o suficiente nos seus sistemas de informação para daí obterem informação com qualidade, como suporte à decisão. Não são vistos como um departamento, autónomo e crucial, mas sim um sector que está ligado, na maior parte das vezes, ao departamento administrativo das empresas, e que apenas serve para apoiar na resolução de problemas ao nível do hardware e software, de âmbito correctivo.
Nem todos os recursos humanos afectos aos sistemas de informação têm conhecimentos adequados às funções que lhes competem, em muitos casos, são colaboradores de um determinado sector da empresa que, pela sua apetência e conhecimentos das ferramentas informáticas, são colocados como responsáveis da informática.
 O Panorama actual é preocupante, e isso vê-se pela não integração dos sistemas actuais instalados nas empresas. Os diversos departamentos estão isolados, não comunicam entre si , a informação não chega a todos da mesma forma e muitas vezes chega sem qualidade, como consequência, a produtividade diminui, tornando as organizações pouco competitivas nos mercados cada vez mais exigentes e globais.
É essencial que os decisores nas organizações olhem para os sistemas de informação de outra forma, estamos a passar por uma nova era industrial, a era do conhecimento global, quem não estiver preparado, certamente irá ficar pelo caminho, por outro lado poderá ser um espaço global de mercado e pleno de oportunidades.
%d bloggers like this: